Técnico em Registros e Informações em Saúde

Técnico em Registros e Informações em Saúde

Perfil profissional de conclusão

O Técnico em Registros e Informações em Saúde será habilitado para:

  • Apoiar a administração e a coordenação de serviços de documentação, serviços de registros e estatísticas de saúde (em diferentes formatos: papel, eletrônico ou digital).
  • Dar suporte ao atendimento do paciente.
  • Organizar os registros administrativos e epidemiológicos em sistemas de informação ou em sistemas de Prontuários Eletrônico do Paciente (PEP).
  • Apoiar a elaboração de planejamento, de controle e de avaliação dos serviços de saúde.
  • Guardar, catalogar e manter registros.
  • Produzir e analisar indicadores demográficos, gerenciais e epidemiológicos.
  • Implementar e operar sistemas de informações em saúde e Sistemas de Prontuário Eletrônico nas respectivas unidades.
  • Identificar e extrair dados relevantes, descartar dados, organizar e gerar dados que permitam a elaboração de compreensões e de significados capazes de orientar a tomada de decisão de técnicos e gestores com o máximo de eficácia.
  • Identificar e selecionar as fontes de informação.
  • Identificar problemas e acionar suportes de informática.
  • Criar, testar e validar instrumentos de coleta de dados.
  • Fazer avaliação da coleta de dados: analisar, depurar, recuperar, introduzir, preservar e validar dados.
  • Identificar instrumentos de tratamento de dados.
  • Apoiar a supervisão do desempenho dos sistemas.
  • Disponibilizar dados, fazer apresentações e emitir relatórios.
  • Identificar pontos críticos e inconsistências nos dados.
  • Retroalimentar fonte de dados.
  • Promover a articulação entre as áreas de Tecnologias de Informação e Comunicação (TIC) e de saúde e a transformação digital no contexto e processos do estabelecimento de saúde que atua.
  • Conhecer os princípios e regras estabelecidas para o tratamento de dados pessoais de saúde.
  • Atuar de forma ética para garantir privacidade e confidencialidade dos dados pessoais de saúde.
  • Codificar os dados coletados utilizando sistemas de classificação que dizem respeito a sinais e sintomas, diagnósticos, procedimentos, medicamentos e outros, permitindo a comparabilidade entre diferentes provedores, serviços e sistemas de saúde.
  • Apoiar estratégias de educação na área de registros e informações em saúde, junto aos profissionais de saúde.
  • Alimentar, sempre que necessário, os sistemas de informações em saúde, de acordo com sua área de atuação, garantindo a fidedignidade, disponibilidade e segurança dos dados.

Para a atuação como Técnico em Registros e Informações em Saúde, são fundamentais:

  • Conhecimento das políticas públicas de saúde e compreensão de sua atuação profissional frente às diretrizes, princípios e estrutura organizacional do Sistema Único de Saúde (SUS).
  • Conhecimentos e saberes relacionados aos princípios das técnicas aplicadas na área, sempre pautados numa postura humana e na ética do cuidado.
  • Zelo pela qualidade dos dados e das informações de saúde.
  • Conhecimento e respeito aos aspectos de privacidade e confidencialidade dos dados de saúde.
  • Interesse pela modernização e inovação.
  • Reconhecimento dos benefícios e uso crítico das tecnologias de informação e comunicação em saúde.
  • Organização, responsabilidade, flexibilidade e persistência.
  • Disponibilidade e iniciativa, buscando promover a humanização da assistência e o foco no cidadão/paciente.
  • Resolução de situações-problema, gestão de conflitos, trabalho em equipe de forma colaborativa, comunicação e ética profissional.
  • Atualização e aperfeiçoamento profissional por meio da educação continuada.
  • Compreensão do papel estratégico das informações, enquanto geradoras de conhecimento para o processo de gestão do cuidado e do sistema de saúde.
  • Conhecimento sobre a Política Nacional de Informação, sobre Informática em Saúde no Brasil, Sistemas Nacionais de Informação em Saúde e sobre legislação correlata.
  • Compreensão do seu processo de trabalho para que possa atuar de forma crítica e integrada aos demais trabalhadores da equipe responsável pelos cuidados de saúde.
  • Conhecimento das normas de saúde e segurança do trabalho, contribuindo para as ações relacionadas à saúde do trabalhador de Registros e Informações em Saúde, de modo a prevenir, diminuir ou eliminar os riscos à sua saúde.

Carga horária mínima

1200 horas. O curso terá duração estimada de 1 ano e meio.

O curso, na modalidade presencial, poderá prever até 20% da sua carga horária total em atividades não presenciais.

O curso poderá ser realizado na modalidade EaD com, no mínimo, 50% da carga horária em atividades presenciais, nos termos das normas específicas definidas em cada sistema de ensino.

A instituição, ofertante do curso, poderá desenvolver a carga horária em regime de alternância, com períodos de estudos na escola e outros períodos no campo/local de trabalho.

Além da carga horária mínima prevista, o curso poderá ter estágio curricular supervisionado obrigatório, a critério da instituição ofertante.

Caso o curso seja ofertado na modalidade EaD, a carga horária de estágio deverá ser cumprida de forma presencial.

Pré-requisitos para ingresso

Para ingresso no Curso Técnico Subsequente, o estudante deverá ter concluído o Ensino Médio.

Para ingresso no Curso Técnico Concomitante, o estudante deverá estar cursando o Ensino Médio.

Para ingresso no Curso Técnico Integrado ao Ensino Médio, o estudante deverá ter concluído o Ensino Fundamental.

Para ingresso no Curso Técnico Integrado à Educação de Jovens e Adultos, o estudante deverá ter concluído o Ensino Fundamental.

Legislação profissional

Profissão não regulamentada.

Itinerários formativos

Possibilidades de qualificação profissional com certificações intermediárias, no curso técnico, considerando ocupações previstas na CBO:

  • Auxiliar de Arquivo

Possibilidades de formação continuada em cursos de especialização técnica (pós-técnico):

  • Especialização Técnica em Saúde Pública
  • Especialização Técnica em Políticas Públicas de Saúde
  • Especialização Técnica em Gestão da Atenção Básica
  • Especialização Técnica em Gestão da Vigilância

Possibilidades de verticalização para cursos de graduação (Curso Superior de Tecnologia, bacharelado e licenciatura):

  • Bacharelado em Arquivologia
  • Bacharelado em Ciência da Computação
  • Bacharelado em Ciência de Dados
  • Bacharelado em Gestão da Informação
  • Bacharelado em Informática Biomédica
  • Bacharelado em Saúde Coletivar
  • Bacharelado em Gestão Pública
  • Curso Superior de Tecnologia em Gestão Hospitalar

Campo de atuação

Locais e ambientes de trabalho:

  • Ambulatório
  • Casas de Apoio à Saúde
  • Central de Abastecimento
  • Central de Gestão em Saúde
  • Central de Regulação
  • Central de Transplante
  • Centro de Assistência Obstétrica e Neonatal Normal
  • Centro de Referência em Saúde do Trabalhador
  • Centro de Vacinação
  • Farmácia
  • Hospital
  • Laboratório de Saúde Pública
  • Núcleo de Telessaúde
  • Polo de Prevenção de Doenças e Agravos e Promoção da Saúde
  • Pronto Atendimento
  • Secretaria de Saúde
  • Serviço de Verificação de Óbito
  • Unidade de Apoio Diagnóstico
  • Unidade de Atenção Domiciliar
  • Unidade de Atenção Hematológica e/ou Hemoterápica
  • Unidade de Atenção Psicossocial
  • Unidade de Reabilitação
  • Unidade de Terapias Especiais
  • Unidade de Vigilância de Zoonoses
  • Unidades Básicas de Saúde

Ocupações CBO associadas

4153-05 – Registrador de Câncer

Infraestrutura mínima

Biblioteca com acervo físico ou virtual específico e atualizado

Laboratório de informática com acesso à internet

Nomenclaturas anteriores

Registro e informação em saúde

Serviços administrativos na saúde

Instituições ofertantes

Em breve.


Talvez você esteja interessado:
Novas regras e mudanças para identificação dos participantes do ENEM e Encceja
Novas regras e mudanças para identificação dos participantes do ENEM e Encceja

De acordo com INEP, terão novas regras e mudanças para os participantes do Enem e Encceja se identif…

isenção da taxa do ENEM 2024
Período para isenção da taxa do ENEM 2024 começa em 15 de abril

Atenção estudantes. Se você quiser participar do ENEM 2024 sem pagar a taxa de inscrição, você vai p…

Tipo da modalidade de concorrência sisu
Tipo da modalidade de concorrência pelo SISU

Para você entender melhor as tabelas com notas de corte SISU em nossa category de notas de corte, fa…

Programa Pé-de-Meia
Programa Pé-de-Meia – caixa tem, calendário, valor

O programa Pé-de-Meia é uma iniciativa do governo federal de incentivo financeiro-educacional. Ele é…

Síntese proteica
Síntese proteica – transcrição e tradução do DNA

Este texto seguinte é sobre o tema: Síntese proteica, é bastante importante para a prova do ENEM, e …

CIEE Rio
CIEE Rio – inscrições para programa Jovem aprendiz e Estágios

O mutirão organizado pelo CIEE Rio, trazendo consigo um total de cinco mil oportunidades de estágio …

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *