Normas ABNT 2024: Veja um guia com as regras atualizadas

Normas ABNT 2024

Aplicar as normas da ABNT nos trabalhos científicos pode ser um grande desafio para muitos estudantes do ensino superior. Afinal, são várias regras que precisam ser usadas corretamente para que você consiga garantir a qualidade e a padronização da sua pesquisa.

Neste artigo, você vai conferir as diretrizes da ABNT para 2024 e as principais mudanças da NBR 10520, que ocorreram em julho do ano passado. Continue lendo para saber tudo sobre o assunto!

Quais são as principais normas da ABNT para trabalhos científicos?

Algumas normas da ABNT são muito procuradas por estudantes e pesquisadores devido à sua relevância no desenvolvimento de trabalhos acadêmicos. As principais são:

  • NBR 6023: estabelece as diretrizes para a elaboração de referências;
  • NBR 10520: define as regras para citações em documentos, incluindo citações diretas e indiretas;
  • NBR 14724: regulamenta a construção de trabalhos científicos, como monografias, dissertações e teses;
  • NBR 6024: especifica as normas para a numeração progressiva das seções de um documento;
  • NBR 6027: define as diretrizes para elaborar sumários em pesquisas;
  • NBR 6028: indica as regras para a escrita de resumos;
  • NBR 6034: determina as normas para a apresentação de índices nos trabalhos.

Essas NBRs são fundamentais para garantir a credibilidade do seu estudo, facilitando a comunicação e a compreensão das informações pelos leitores.

O que mudou na NBR 10520 depois da atualização?

A NBR 10520 sofreu alterações importantes em Julho de 2023. Veja as principais:

  • Pontuação: use o ponto final para finalizar a sentença, e não a citação.
  • Citação de pessoa física: esse tipo de citação não é mais feita em caixa alta. Agora apenas a letra inicial deve ser maiúscula e o restante minúscula.
  • Citação de pessoa jurídica: utilize o nome completo da empresa em letras maiúsculas e minúsculas. Ex.: (Organização das Cooperativas Brasileiras, 2018, p. 46).
  • Citação direta longa: O recuo de 4 cm em citações com mais de 3 linhas agora é recomendado, e não obrigatório.
  • Citação de citação: é necessário grafar em itálicas expressões latinas, como o apud.
  • Paginação na citação direta: só é preciso incluir a página ou localização na citação, se essas informações estiverem disponíveis.

Como estruturar a sua pesquisa acadêmica segundo a ABNT?

Um trabalho científico é composto por elementos pré-textuais, textuais e pós-textuais. Confira, a seguir, os detalhes sobre cada um deles.

Pré-textuais

São todos os itens que antecedem o conteúdo do trabalho, como:

  • Capa: é o primeiro item da pesquisa. Nela contém o nome/logo da instituição de ensino, título do trabalho, subtítulo (se houver), cidade e ano de apresentação do estudo.
  • Folha de rosto: é composta por alguns elementos da capa, incluindo também o objetivo, o tipo da pesquisa e o nome do orientador.
  • Folha de aprovação: apresenta Informações sobre a banca examinadora, com espaço para assinaturas dos membros.
  • Dedicatória (opcional): texto curto para mostrar a quem você vai dedicar o seu trabalho.
  • Agradecimentos (opcional): expressão de gratidão às pessoas que lhe acompanharam durante a sua jornada.
  • Epígrafe (opcional): uma citação relacionada ao tema da pesquisa.
  • Resumo na língua vernácula: parte do estudo que deve destacar objetivos, metodologia, resultados e conclusões.
  • Abstract: resumo em inglês.
  • Listas: enumeração de figuras, tabelas, abreviaturas, siglas e símbolos, caso esses elementos estejam presentes na sua monografia.
  • Sumário: divisão do conteúdo do trabalho em capítulos e subcapítulos, com indicação das páginas correspondentes.

Textuais

É nessa etapa que você vai começar a desenvolver a temática que você escolheu para abordar na sua pesquisa. Ela é composta por:

  • Introdução: deve contextualizar o leitor sobre o tema, justificativa, objetivo geral, objetivos específicos e problema de pesquisa.
  • Desenvolvimento: aqui você vai elaborar o referencial teórico, que é dividido em capítulos. Ele precisa ser fundamentado com citações de outros autores renomados sobre o assunto.
  • Conclusão: apresenta respostas aos objetivos, os resultados e indicações  pesquisas futuras.

Pós-textuais

Essa fase vem depois da conclusão e engloba os seguintes itens:

  • Referências bibliográficas: lista de todas as obras que você usou para elaborar o seu trabalho.
  • Anexos (se houver): documentos desenvolvidos por terceiros, utilizados para complementar o estudo, como questionários, entrevistas transcritas, entre outros.
  • Apêndices (se houver): tem a mesma função do anexo, mas a diferença é ́que são criados pelo próprio autor da pesquisa.

Como formatar o seu trabalho de acordo com a ABNT?

A formatação de um trabalho segundo as normas da ABNT (Associação Brasileira de Normas Técnicas) é essencial para garantir a padronização e o profissionalismo do documento. Confira essas regras:

  • Margens: a margem superior e esquerda devem ter 3 cm. A margem inferior e direita precisam ter 2 cm.
  • Paginação: osnúmeros das páginas devem aparecer no canto superior direito, a partir da introdução. Mas a contagem deve ocorrer a partir da folha de rosto.
  • Fonte: utilizar a fonte Times New Roman ou Arial tamanho 12 em todo o trabalho, exceto para citações diretas longas (com mais de 3 linhas), notas de rodapé, fontes de quadros, figuras e tabelas e texto de quadros e tabelas.
  • Espaçamento: utilize 1,5 entrelinhas ao longo de todo o trabalho, exceto nas referências, citações diretas longas, notas de rodapé, legendas e fontes de tabela, figuras ou quadros. Nesses casos, o espaçamento é simples.
  • Alinhamento: use alinhamento justificado em todo texto, menos nas referências.

Como fazer citações da forma certa na sua pesquisa?

A citação em trabalhos científicos é o ato de utilizar a opinião de outros autores para fundamentar a sua pesquisa. Essa prática evita plágio, proporciona evidências concretas e permite que os leitores aprofundem-se nas fontes originais, contribuindo assim para a integridade e enriquecimento do conhecimento acadêmico.

Citação direta

A citação direta é a reprodução textual de um trecho de livro, artigo, site, entre outros, no trabalho acadêmico. Esse tipo de citação é utilizado para incluir as palavras exatas do autor sobre um determinado assunto. Lembrando que ela pode ser curta e longa.

Citação direta curta

Tem até 3 linhas e deve estar entre aspas.Também é importante citar o sobrenome do autor, o ano e a página ou localização. Veja o exemplo:

Segundo Silva (2019, p. 25) “a inovação é crucial para o desenvolvimento das empresas no mercado”.

“A inovação é crucial para o desenvolvimento das empresas no mercado” (Silva, 2019, p. 25).

Citação direta longa

São citações com mais de 3 linhas. Você precisa mencionar o sobrenome do autor, o ano e a página ou localização. Não use aspas, aplique um recuo de 4cm à esquerda (recomendado) e use a fonte 10. Confira o exemplo:

Para Garrido (2015, p. 90):

A inovação não é apenas uma estratégia de negócios, mas sim um componente vital para a adaptação contínua e o sucesso em um ambiente dinâmico. As empresas que buscam ter sucesso e superar a concorrência precisam investir fortemente neste aspecto.

A inovação não é apenas uma estratégia de negócios, mas sim um componente vital para a adaptação contínua e o sucesso em um ambiente dinâmico. As empresas que buscam ter sucesso e superar a concorrência precisam investir fortemente neste aspecto (Garrido, 2015, p. 90).

Citação indireta

A citação indireta consiste em parafrasear as ideias de um autor e expressá-las com as suas próprias palavras. É necessário citar o sobrenome do autor e o ano de publicação da obra. Não há diferenciação entre a citação direta curta e longa de acordo com a ABNT. Veja o exemplo:

Conforme Diniz (2014) atender o cliente com qualidade é fundamental para deixá-lo satisfeito e fidelizá-lo.

Atender o cliente com qualidade é fundamental para deixá-lo satisfeito e fidelizá-lo (Diniz, 2014).

Citação da citação

A citação da citação ou “apud”, ocorre quando você não teve acesso direto à fonte original, mas sim a uma citação desse documento presente em outro material. Essa prática é utilizada quando a obra original não está disponível, mas o autor deste trabalho secundário é relevante para a sua pesquisa. Mas sempre use com moderação.

Para fazer essa citação, mencione o autor do trabalho que você leu e utilize “apud” para indicar que a citação é de outra fonte. Depois, indique o sobrenome do autor da obra original. Veja o exemplo:

Segundo Carvalho (2021 apud Oliveira, 1991, p. 72) “O uso das ferramentas digitais é fundamental para as empresas que buscam crescimento”.

“O uso das ferramentas digitais é fundamental para as empresas que buscam crescimento” (Carvalho, 2021 apud Oliveira, 1991, p. 72).

As normas da ABNT são valiosas para garantir a integridade e a padronização do seu trabalho, mostrando clareza e profissionalismo perante a comunidade científica. Lembrando que a correta aplicação dessas normas não apenas atende a requisitos acadêmicos, mas também demonstra respeito pela autoria e pelas contribuições de outros pesquisadores.

Gostou do conteúdo? Compartilhe para ajudar outros estudantes a entenderem as normas da ABNT 2024!


Talvez você esteja interessado:
Penitenciárias no estado de Minas Gerais
Penitenciárias no estado de Minas Gerais

De acordo com os dados disponíveis em SENAPPEN, o Estado de Minas Gerais (MG) tem 221 penitenciárias…

Penitenciárias no estado de Maranhão
Penitenciárias no estado de Maranhão

De acordo com os dados disponíveis em SENAPPEN, o Estado de Maranhão (MA) tem 53 penitenci…

Penitenciárias no estado de Goiás
Penitenciárias no estado de Goiás

De acordo com os dados disponíveis em SENAPPEN, o Estado de Goiás (GO) tem 82 penitenciárias (68 pre…

Penitenciárias no estado de Espírito Santo
Penitenciárias no estado de Espírito Santo

De acordo com os dados disponíveis em SENAPPEN, o Estado de Espírito Santo (ES) tem 37 penitenciária…

Penitenciárias no estado de Distrito Federal
Penitenciárias no estado de Distrito Federal

De acordo com os dados disponíveis em SENAPPEN, o Estado de DF tem 8 penitenciárias ativas em 2024. …

Penitenciárias no estado de Ceará
Penitenciárias no estado de Ceará

De acordo com os dados disponíveis em SENAPPEN, o Estado de Ceará (CE) tem 30 penitenciári…

10 respostas para “Normas ABNT 2024: Veja um guia com as regras atualizadas”

  1. Avatar de Melice
    Melice

    Adorei os comentários. Achava que só eu tinha esse pensamento.

  2. Avatar de FLAVIO BEZERRA DE OLIVEIRA
    FLAVIO BEZERRA DE OLIVEIRA

    Não vejo motivo por que mudanças como essas ocorrem, só para tirar a pessoa de tempo. Qual a necessidade de se colocar agora uma citação que antes referenciava-se com o nome do autor em Maiúsculo e agora só a primeira letra em maiúsculo. Coisa para quem não tem o que fazer.

    1. Avatar de Normas ABNT

      Sim, Essa mudança é pequena

  3. Avatar de KALLYNE FONSECA ROCHA
    KALLYNE FONSECA ROCHA

    Concordo plenamente !

  4. Avatar de Joelma Nunes Cardoso
    Joelma Nunes Cardoso

    Concordo plenamente também. Afinal, as normas são para ajudar ou para complicar a vida?

  5. Avatar de Raphael
    Raphael

    Quanta balela isso. Definam logo um padrão fixo de uma vez por todas, pois tive que alterar muita coisa em minha dissertação já finalizada, antes de enviar. Negócio mais chato isso, parece que fazem de propósito para ferrar a vida acadêmica dos graduandos e pós-graduandos.

  6. Avatar de Jota
    Jota

    Penso que muitas vezes, quem define essas normas simplesmente fica a se divertir na intencionalidade de fazer os acadêmicos perderem tempo correndo de um lado para outro tentando acertar o que, para mim, não precisa de tanta regra tola e até tosca.
    Está faltando o que fazer?

  7. Avatar de Henrique Davanso
    Henrique Davanso

    Concordo plenamente. Havia feito o TCC, foi aprovado com nota maxima e agora para publicar tenho que revisar tudo de novo, citação por citação. Retrabalho e muito custo. Ja estava perfeito, não tem motivos cientificos para mudar a cada ano ou a cada semestre.

  8. Avatar de Anderson
    Anderson

    Meus caros, unifiquem as normas de umas vez por todas pois acaba atrapalhando essas mudanças que, muitas vezes, acabam sendo revertidas pra atualizações de dois anos atrás todos os anos. E, aceitando vocês ou não, isso atrapalha a vida acadêmica de muitas pessoas que se utilizam dessas normas para elaboração de trabalhos e, que por consequência dessas infinitas alterações, acaba por atrapalhar do quê auxiliar.
    E concluo dizendo que, por conta destas coisas, muitos acadêmicos evitam de formatar seus trabalhos, por conta dessas infinitas atualizações que não se padronizam a cada mudança.

    1. Avatar de Normas ABNT

      Olá Anderson, na verdade, ABNT não muda as normas para formatar trabalhos acadêmicos todos os anos. umas normas ficam mesmas por mais de cinco anos..e quando tiver mudanças, as mudanças são pequenas..

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *