Técnico em Ferramentaria

Técnico em Ferramentaria

Última atualização em 16 de novembro de 2022

Sumário

Perfil profissional de conclusão

O Técnico em Ferramentaria será habilitado para:

  • Elaborar, desenvolver e executar projetos de estampos para a fabricação de peças por processos de conformação de metais, moldes para a fabricação de produtos poliméricos, dispositivos e gabaritos.
  • Programar, controlar e executar processos de manutenção de moldes de injeção e/ou sopro e de estampos de acordo com normas técnicas, ambientais, de saúde e segurança no trabalho e de qualidade.
  • Zelar pelo atendimento de questões ambientais específicas relacionadas ao processamento de materiais poliméricos e chapas metálicas.
  • Controlar defeitos e garantir a qualidade dos produtos fabricados a partir de matérias-primas poliméricas e chapas metálicas.
  • Simular processos de injeção de polímeros e conformação de chapas pela utilização de softwares específicos.
  • Reconhecer tecnologias inovadoras presentes no segmento visando a atender às transformações digitais na sociedade.

Para atuação como Técnico em Ferramentaria, são fundamentais:

  • Conhecimentos e saberes relacionados aos processos de planejamento, confecção e manutenção de moldes e estampos de modo a assegurar a saúde e a segurança dos trabalhadores e futuros usuários.
  • Conhecimentos e saberes relacionados à sustentabilidade do processo produtivo, às técnicas e aos processos de produção, às normas técnicas, à liderança de equipes, à solução de problemas técnicos e trabalhistas e à gestão de conflitos.

Carga horária mínima

1200 horas. O curso terá duração estimada de 1 ano e meio.

O curso ofertado, na modalidade presencial, poderá prever até 20% da sua carga horária total em atividades não presenciais.

O curso poderá ser realizado na modalidade EaD com, no mínimo, 20% da carga horária em atividades presenciais, nos termos das normas específicas definidas em cada sistema de ensino.

A instituição, ofertante do curso, poderá desenvolver a carga horária em regime de alternância, com períodos de estudos na escola e outros períodos no campo/local de trabalho.

Além da carga horária mínima prevista, o curso poderá ter estágio curricular supervisionado obrigatório, a critério da instituição ofertante.

Caso o curso seja ofertado na modalidade EaD, a carga horária de estágio deverá ser cumprida de forma presencial.

Pré-requisitos para ingresso

Para ingresso no Curso Técnico Subsequente, o estudante deverá ter concluído o Ensino Médio.

Para ingresso no Curso Técnico Concomitante, o estudante deverá estar cursando o Ensino Médio.

Para ingresso no Curso Técnico Integrado ao Ensino Médio, o estudante deverá ter concluído o Ensino Fundamental.

Para ingresso no Curso Técnico Integrado à Educação de Jovens e Adultos, o estudante deverá ter concluído o Ensino Fundamental.

Legislação profissional

Itinerários formativos

Possibilidades de qualificação profissional com certificações intermediárias, no curso técnico, considerando ocupações previstas na CBO:

  • Ferramenteiro de Estampos
  • Ferramenteiro de Moldes de Injeção

Possibilidades de formação continuada em cursos de especialização técnica (pós-técnico):

  • Especialização Técnica em Projetos de Moldes de Injeção
  • Especialização Técnica em Projeto de Estampos
  • Especialização Técnica em Processos de Sopro
  • Especialização Técnica em Processos de Injeção de Alumínio
  • Especialização Técnica em Usinagem CNC
  • Especialização Técnica em Programação CAD/CAM/CAE

Possibilidades de verticalização para cursos de graduação (Curso Superior de Tecnologia, Bacharelado e Licenciatura):

  • Curso Superior de Tecnologia em Fabricação Mecânica
  • Curso Superior de Tecnologia em Materiais
  • Bacharelado em Engenharia Mecânica

Campo de atuação

Locais e ambientes de trabalho:

  • Empresas da área automobilística, metalúrgicas, de máquinas e equipamentos, de embalagens
  • Fabricantes de componentes para a construção civil e jardinagem, da linha branca – eletrodomésticos
  • Indústrias de borracha e plásticos

Ocupações CBO associadas

7211-05 – Ferramenteiro

7211-10 – Ferramenteiro de Mandris, Calibradores e outros dispositivos

Infraestrutura mínima

Biblioteca com acervo físico ou virtual específico e atualizado

Labotarório de informática com programas específicos

Laboratório de ferramentaria

Laboratório de desenho técnico mecânico

Laboratório de metrologia dimensional

Laboratório de CAD/CAM

Laboratório de soldagem

Laboratório de conformação mecânica

Laboratório de ensaios mecânicos

Laboratório de injeção de polímeros

Laboratório de máquinas operatrizes (convencional, CNC e CAD/CAM)

Laboratório de ensaios e materiais

Nomenclaturas anteriores

Construção de ferramentas

Ferramentaria de moldes

Usinagem

Instituições ofertantes

Em breve.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.