Técnico em Desenvolvimento de Sistemas

Técnico em Desenvolvimento de Sistemas

Última atualização em 16 de novembro de 2022

Sumário

Perfil profissional de conclusão

O Técnico em Desenvolvimento de Sistemas será habilitado para:

  • Desenvolver sistemas computacionais utilizando ambiente de desenvolvimento.
  • Dimensionar requisitos e funcionalidades do sistema.
  • Realizar testes funcionais de programas de computador e aplicativos.
  • Manter registros para análise e refinamento de resultados.
  • Executar manutenção de programas de computador e suporte técnico.
  • Realizar modelagem de aplicações computacionais.
  • Codificar aplicações e rotinas utilizando linguagens de programação específicas.
  • Executar alterações e manutenções em aplicações e rotinas de acordo com as definições estabelecidas.
  • Prestar apoio técnico na elaboração da documentação de sistemas.
  • Realizar prospecções, testes e avaliações de ferramentas e produtos de desenvolvimento de sistemas.

Para atuação como Técnico em Desenvolvimento de Sistemas, são fundamentais:

  • Conhecimentos e saberes relacionados aos processos de planejamento e execução de projetos computacionais de forma a garantir a entrega de produtos digitais, análise de softwares, testagem de protótipos, de acordo com suas finalidades.
  • Conhecimentos e saberes relacionados às normas técnicas, à liderança de equipes, à solução de problemas técnicos e à assertividade na comunicação de laudos e análises.

Carga horária mínima

1200 horas. O curso terá duração estimada de 1 ano e meio.

O curso, na modalidade presencial, poderá prever até 20% da sua carga horária total em atividades não presenciais.

O curso poderá ser realizado na modalidade EaD com, no mínimo, 20% de sua carga horária em atividades presenciais, nos termos das normas específicas definidas em cada sistema de ensino.

A instituição, ofertante do curso, poderá desenvolver a carga horária em regime de alternância, com períodos de estudos na escola e outros períodos no campo de atuação/local de trabalho.

Além da carga horária mínima prevista, o curso poderá ter estágio curricular supervisionado obrigatório, a critério da instituição ofertante.

Caso o curso seja ofertado na modalidade EaD, a carga horária de estágio deverá ser cumprida de forma presencial.

Pré-requisitos para ingresso

Para ingresso no Curso Técnico Subsequente, o estudante deverá ter concluído o Ensino Médio.

Para ingresso no Curso Técnico Concomitante, o estudante deverá estar cursando o Ensino Médio.

Para ingresso no Curso Técnico Integrado ao Ensino Médio, o estudante deverá ter concluído o Ensino Fundamental.

Para ingresso no Curso Técnico Integrado à Educação de Jovens e Adultos, o estudante deverá ter concluído o Ensino Fundamental.

Legislação profissional

Profissão não regulamentada.

Itinerários formativos

Possibilidades de qualificação profissional:

  • Administrador de Banco de Dados
  • Agente de Inclusão Digital em Centros Públicos de Acesso à Internet
  • Programador de Sistemas
  • Desenvolvedor Front-End
  • Desenvolvedor Back-End
  • Desenvolvedor de sistemas para celulares

Possibilidades de formação continuada em cursos de especialização técnica (pós-técnico):

  • Especialização Técnica em Desenvolvimento de Aplicações para Dispositivos Móveis
  • Especialização Técnica em Desenvolvimento de Comércio Eletrônico
  • Especialização Técnica em Segurança da Informação
  • Especialização Técnica em Desenvolvimento de Aplicações para Inteligência Artificial
  • Especialização Técnica em Desenvolvimento de Aplicações para Internet das Coisas
  • Especialização Técnica em Desenvolvimento de Aplicações para Machine Learning
  • Especialização Técnica em Desenvolvimento de Aplicações para Ciência de Dados
  • Especialização Técnica em Desenvolvimento de Aplicações para Analytics

Possibilidades de verticalização para cursos de graduação (Curso Superior de Tecnologia, Bacharelado e Licenciatura):

  • Curso Superior de Tecnologia em Análise e Desenvolvimento de Sistemas
  • Curso Superior de Tecnologia em Gestão de Tecnologia da Informação
  • Curso Superior de Tecnologia em Banco de Dados
  • Curso Superior de Tecnologia em Jogos Digitais
  • Curso Superior de Tecnologia em Segurança da Informação
  • Curso Superior de Tecnologia em Sistemas para Internet
  • Bacharelado em Ciência da Computação
  • Bacharelado em Sistemas de Informação
  • Bacharelado em Engenharia de Software

Campo de atuação

Locais e ambientes de trabalho:

  • Empresas de desenvolvimento de sistemas
  • Departamento de desenvolvimento de sistemas em organizações governamentais e não governamentais
  • Empresas de consultoria em sistemas
  • Empresas de soluções em análise de dados
  • Profissional autônomo

Ocupações CBO associadas

3171-10 – Desenvolvedor de Sistemas de Tecnologia da Informação

Infraestrutura mínima

Biblioteca com acervo físico ou virtual específico e atualizado

Laboratório de informática com programas específicos

Instituições ofertantes

Em breve.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.