Tabela ABNT

Tabela ABNT – como inserir tabelas conforme a ABNT

Última atualização em 24 de abril de 2022

Umas das maiores dificuldades enfrentadas pelos estudantes do ensino superior é, sem dúvidas, saber como fazer o uso correto das regras da Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT). Elas são essenciais para que o seu trabalho seja elaborado de forma padronizada, aumentando a credibilidade e o profissionalismo da pesquisa.

Além das citações, também é importante formatar os recursos visuais, seguindo as normas ABNT. Sendo assim, elaboramos este artigo para ajudar você a inserir tabelas corretamente na sua monografia. Continue lendo para saber tudo sobre o tema!

O que é uma tabela?

O que é uma tabela
exemplo de tabela

De modo geral, utiliza-se as tabelas para apresentar dados quantitativos.

Por exemplo: você pode usar esse elemento para mostrar informações relacionadas à média dos alunos de uma escola por disciplina.

É importante ressaltar que o uso desse recurso enriquece o trabalho e acaba facilitando a compreensão do leitor. Além disso, você consegue expor os resultados numéricos de maneira clara e objetiva.

Diferentemente dos quadros, as tabelas possuem as grades laterais abertas. Sendo assim, você precisa delimitar apenas as linhas horizontais. Esse padrão é definido pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Como inserir tabelas segundo a ABNT

Agora que você já sabe o que é uma tabela e qual é a sua finalidade, vamos mostrar um passo a passo, para que você utilize esse item de maneira adequada na sua pesquisa científica.

Faça a menção da tabela no texto

Não é recomendado incluir elementos visuais de forma solta no trabalho. Desse modo, sempre que precisar inserir uma tabela, faça a chamada do item no texto.

Vamos supor que você pretende mostrar a quantidade de calçados que uma fábrica produz mensalmente. Nesse sentido, você pode mencionar a tabela das seguintes maneiras:

“É importante que a fábrica utilize ferramentas de melhoria de processos para promover um aumento da produção mensal de calçados (tabela 1)”.

Ou assim:

“Utilizar ferramentas para otimizar os processos de uma empresa é fundamental para reduzir custos e aumentar o índice de produtividade. A tabela 1 apresenta a quantidade de calçados produzidos por mês na fábrica x”.

Depois, você deve posicionar a tabela próxima ao trecho elaborado. Caso ela não caiba em uma única folha, é necessário continuá-la da página seguinte. Para isso, utilize o termo “contínua” e repita o cabeçalho na outra parte.

Escreva a legenda e a fonte

Na parte superior da tabela, escreva a legenda para indicar o conteúdo que está sendo abordado no recurso. Sendo assim, insira a palavra “tabela”, o número que corresponde à ordem em que ela aparece no texto e o título. Por exemplo:

Tabela 1– Produção mensal de sapatos da fábrica x

Na parte inferior, é necessário mostrar a fonte de onde o elemento foi retirado. Para isso, escreva a expressão “fonte”, o sobrenome do autor e o ano de publicação.

Fonte: Fernandes (2020)

Vale dizer que, se foi você que coletou os dados e elaborou a tabela, também é obrigatório citar a fonte. Desse modo, faça da seguinte forma:

Fonte: elaborado pelo autor (2017)

Para que a sua tabela fique em conformidade com a ABNT, use as regras abaixo:

  • fonte Arial ou Times New Roman;
  • tamanho 10;
  • espaçamento simples;
  • alinhamento centralizado.

Elabore um parágrafo explicativo

Para finalizar, é importante desenvolver um parágrafo para explicar as informações contidas na tabela. Mostre as principais conclusões referentes ao tema abordado.

Por exemplo:

“Ao observar as informações presentes na tabela 1, é possível perceber que a produtividade da fábrica x”…

Vale destacar que, se você retirou o recurso de livros, pesquisas científicas, sites da internet, é necessário incluir a referência na seção de referências bibliográficas do seu trabalho. Além do mais, não esqueça de adicionar a informação à lista de tabelas.

Inserir tabelas de acordo com a ABNT é uma forma eficiente de agregar valor ao seu trabalho e mostrar informações com clareza e objetividade. Para incluí-las na pesquisa de maneira adequada, é importante conhecer as regras de formação. Além disso, é fundamental contextualizar o item, fazendo a chamada no texto e elaborando um trecho explicativo.

Exemplos de tabelas

Exemplos de tabelas abnt
Exemplo de tabela – 1
Exemplos de tabela abnt
Exemplo de tabela – 2

Leia também: figura ABNT

Gostou deste artigo? Então, aproveite para compartilhar e ajudar outros estudantes a também dominarem o assunto!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.