Prouni 2023 inscrições

Prouni 2023: como funciona, cronograma, inscrições, lista de espera, requisitos

Última atualização em 23 de março de 2022

Criado em 2004 pelo MEC (Ministério da Educação), o Prouni 2023 disponibiliza bolsas de estudo de 50% e 100% para estudantes que desejam estudar em instituições de ensino superior particulares. É possível fazer a inscrição nesse programa no início dos dois semestres.

A classificação dos candidatos é definida de acordo com as suas respectivas notas do Enem. Além disso, eles precisam preencher uma lista de pré-requisitos para conseguir a bolsa de estudos. E aí, você está interessado em conseguir uma bolsa pra fazer um curso superior em uma instituição de ensino particular? Então, acompanhe o nosso conteúdo!

O que é Prouni 2023?

bolsa prouni
bolsa prouni

O Prouni (Programa Universidade para Todos) é um programa que disponibiliza bolsas de estudo – seja integral ou parcial – para instituições de ensino particulares. Vale ressaltar que é possível obter essa bolsa utilizando a nota do Enem. Além disso, o valor da mensalidade é custeado durante todo o curso, ou seja, até que o estudante se forme.

Existe apenas uma lista de pré-requisitos que o aluno precisa ter para conseguir a bolsa de estudos do Prouni. Veja o que é necessário:

  • Ter realizado a prova do Enem no ano anterior. Obs: também existe a possibilidade usar a nota de outros anos (a partir de 2010) para concorrer às vagas remanescentes;
  • Nota mínima de 450 pontos na prova do Enem e não ter tido nota zero na redação;
  • Ter renda familiar de até 1,5 salários mínimos para as bolsas de 100%;
  • Ter renda familiar de até três salários mínimos para as bolsas de 50%;
  • Ter estudado em escola pública ou particular (com bolsa integral).

Também existe a possibilidade de obter a bolsa de estudos pelo Prouni a pessoa com deficiência e o professor de escola pública de ensino básico.

Como funciona o Prouni?

Como funciona o Prouni
prouni no Portal Único de Acesso ao Ensino Superior

Em duas épocas do ano, são disponibilizadas bolsas do Prouni para os estudantes: no primeiro e no segundo semestre. Essas podem ser concedidas integralmente, ou seja, com o governo custeando 100% da mensalidade do curso, ou parcialmente, com auxílio financeiro de 50% do valor mensal.

Os candidatos são classificados de acordo com a nota do Enem. Ou seja, os que tiveram maior nota no Exame Nacional do Ensino Médio ocupam os primeiros lugares, e assim sucessivamente. Além disso, para conseguir a aprovação da bolsa, é preciso cumprir os pré-requisitos que listamos anteriormente.

Cronograma do Prouni 2023

Cronograma do Prouni 2023

O cronograma do Prouni conta com período de inscrições, primeira e segunda chamada, inscrição na lista de espera e chamada da lista de espera. Veja o dia de cada especificação para não perder nenhuma data e conseguir a sua bolsa de estudos:

  • Período de inscrição do Prouni: 07 a 10 de fevereiro de 2023;
  • Primeira chamada do Prouni: 13 de fevereiro de 2023;
  • Segunda chamada do Prouni: 1º de março;
  • Inscrição da lista de espera: 18 e 19 de março;
  • Chamada da lista de espera: 22 de março.

As datas acima ainda não são confirmadas, mas são previstas. Geralmente, inscrições para prouni começam na terça feira e duram por 4 dias, terminam na sexta-feira. Inscrições prouni sucedem Sisu e procedem fies.

Como fazer a inscrição do Prouni 2023?

inscrição do Prouni 2023

A inscrição do Prouni pode ocorrer duas vezes ao ano: no primeiro ou no segundo semestre. Além disso, é possível fazê-la gratuitamente. Por fim, todo o processo de inscrição ocorre online.

Veja como fazer, no passo a passo:

login via conta gov.br
login via conta gov.br
  • Entre no site oficial do Prouni;
  • Aperte em “entrar com gov.br“;
  • Escreva o seu CPF e a sua senha (se não tiver cadastro, você pode fazer na hora);
  • Faça o login no site;
  • Veja quais são as instituições de ensino e os cursos de nível superior disponíveis para inscrição com bolsa do Prouni;
  • Escolha duas opções de curso, conforme a sua preferência, sendo a primeira, a principal opção;
  • Acompanhe a nota de corte – de preferência, todos os dias – e espere o resultado.

Se você já acessou o Sisu, deve ter percebido que o sistema do Prouni é bem parecido. Isso porque é possível verificar a sua nota, assim como a nota de corte de cada curso disponível. Além disso, o candidato pode acompanhar essas notas durante mais ou menos uma semana.

Além disso, o seu uso é muito simples. Então, aproveite para fazer a sua inscrição no programa para conseguir a sua bolsa de estudos. Dessa forma, você pode ingressar em uma instituição de ensino particular com bolsa, seja parcial ou integral.

Como funciona a lista de espera?

lista de espera Prouni 2023
lista de espera Prouni 2023

Os candidatos aprovados podem desistir de fazer a sua matrícula porque passaram em um outro curso ou porque desejam seguir outros sonhos, por exemplo. A vaga deles ficam como remanescentes, e assim, são chamadas as pessoas inscritas na lista de espera para completar a totalidade de vagas.

Não se sabe ao certo quantas pessoas são chamadas na lista de espera, pois depende da quantidade de desistentes. Por isso, é importante verificar a sua classificação periodicamente para analisar quais são as suas chances de conseguir a bolsa de estudos para fazer o curso de nível superior em uma instituição de ensino.

Quais os documentos necessários para fazer a inscrição no Prouni 2023?

documentos necessários para fazer a inscrição no Prouni 2023
documentos necessários para fazer a inscrição no Prouni 2023

Se você deseja se inscrever no Prouni, recomendamos que comece a separar os seus documentos para fazer inscrição. Veja o que é necessário e permitido em relação ao documento de identificação do candidato, comprovante de residência e comprovante de rendimento:

  • Documento de identificação do candidato (carteira de identidade, passaporte com emissão no Brasil, carteira de trabalho e previdência social, identidade militar, registro nacional de estrangeiro (RNE), carteira funcional ou carteira nacional de habilitação);
  • Comprovante de residência (extrato do FGTS, contra-cheque com emissão por órgão público, declaração do imposto de renda (IRPF), conta de energia elétrica, gás, água ou telefone, declaração de propriedade de imóvel, contrato de aluguel, boleto bancário de mensalidade de escola, entre outros).
  • Comprovante de rendimento. Para fazer a comprovação, é necessário apresentar documentos específicos para cada área de atuação como assalariado, atividade rural, autonômos, aposentados e pensionistas, profissionais liberais, dirigentes e sócios de empresas, entre outros. Vale ressaltar que esse é um dos documentos mais importantes para obter a bolsa de estudos do curso superior em uma instituição de ensino particular.

Para saber mais informações sobre a documentação, recomendamos que acesse o site do Acesso Único para ver a lista de documentos solicitados em relação ao Prouni. Nessa plataforma, você também pode ver informações completas sobre o Sisu e o Fies.

Nesse site, também é possível verificar o número de contato do MEC para tirar todas as suas dúvidas sobre o Sisu, o Prouni e o Fies. Dessa forma é possível ingressar em um curso de ensino superior através das inúmeras oportunidades proporcionadas pelo Ministério da Educação.

Como fazer a matrícula da faculdade através do Prouni?

Para fazer a matrícula na instituição de ensino, o candidato precisa se dirigir até à sua secretaria e apresentar todos os documentos solicitados, comprovar os seus rendimentos, etc. Vale ressaltar que, para a realização da matrícula, o candidato bolsista precisa assinar um termo de concessão. Dessa forma, ele pode iniciar o seu curso de nível superior com a bolsa do Prouni.

Tire as suas principais dúvidas sobre o Prouni

Para tirar as suas dúvidas sobre o Prouni, separamos algumas perguntas comuns para respondermos. Acompanhe, a seguir.

É possível complementar o Prouni com o Fies?

Se o estudante receber a bolsa de 50% do Prouni, e ainda assim, não tiver condições de arcar com a mensalidade do curso superior, ele pode solicitar o auxílio do financiamento estudantil – ou seja, do Fies. Para isso, recomendamos que o candidato verifique uma instituição de ensino particular que possui vínculo com o Prouni e com o Fies.

Quais são os critérios socioeconômicos necessários para receber bolsa de estudos do Prouni?

Para conseguir uma bolsa de estudos do Prouni, o candidato precisa comprovar a sua renda. Já essa precisa estar enquadrada nos pré-requisitos impostos pelo MEC. Os critérios socioeconômicos constam a seguir:

  • Renda familiar de até 1,5 salários mínimos: recebimento de bolsa integral do Prouni, ou seja custeio de 100% do valor das mensalidades;
  • Renda familiar de até 3 salários mínimos: recebimento de bolsa parcial do Prouni, ou seja, custeio de 50% do valor das mensalidades;
  • Renda familiar maior que três salários mínimos: não pode receber bolsa do Prouni, seja parcial ou integral.

Quais são as faculdades que participam do Prouni 2023?

Muitas faculdades participam do Prouni, e por isso não é possível listar todas. Sendo assim, recomendamos que pesquise as instituições de ensino da região onde mora que disponibilizam o curso que deseja fazer e que estejam vinculadas ao programa. Dessa forma é possível escolher a instituição ideal.

Quais são os candidatos que podem ser beneficiados pelo Prouni?

Os seguintes candidatos podem ser beneficiados pelo Prouni: estudantes de escola pública ou particular (que tiveram bolsa de estudos), professores de ensino básico de colégio público e pessoas com deficiência. Vale ressaltar que qualquer uma desses candidatos precisam, obrigatoriamente, ter feito o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem).

E aí, gostou de saber todas essas informações sobre o Prouni 2023? Se deseja saber muito mais, escreva um comentário sobre as suas dúvidas, pois responderemos as suas perguntas. Além disso, mande este artigo para todas as pessoas que desejam saber mais informações sobre o Programa Universidade para Todos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.