Índice ABNT: como fazer conforme as normas?

Índice ABNT: como fazer conforme as normas?

Última atualização em 22 de novembro de 2021

Sabemos que é comum surgirem dúvidas e confusões em relação ao índice ABNT, pois muitas pessoas o confunde com o sumário. De antemão, queremos ressaltar que esses dois tópicos são itens completamente diferentes de um trabalho acadêmico.

Se você deseja incluir o índice ABNT no seu trabalho acadêmico, e não sabe como fazê-lo de acordo com as normas, aproveite e confira o nosso artigo. Falaremos o que é, qual a diferença entre o índice e sumário e quais são as normas aplicadas a esse tópico da pesquisa científica. Saiba mais!

O que é índice ABNT?

Índice ABNT: como fazer conforme as normas?

O índice ABNT é um elemento importante no desenvolvimento de monografias, dissertações e teses, apesar de não ser obrigatório. Além disso, ele é inserido após a conclusão da pesquisa, sendo considerado um elemento pós-textual. Geralmente, ele é incluso na parte final, sendo o último tópico de um trabalho acadêmico.

Ele tem o objetivo de apresentar os principais assuntos abordados no trabalho e indicar a numeração da página. Isso facilita a pesquisa do leitor em relação ao que interessa para a sua leitura. Portanto, esse item serve como “complemento” do sumário, pois ajuda a orientar o leitor em relação às “partes “da pesquisa.

Por exemplo, se uma pessoa quer pesquisar sobre ‘contabilidade digital’ e existe uma parte do referencial teórico “falando” especificamente sobre esse assunto, ela pode verificar no índice qual é a página do trabalho que aborda esse tópico. Portanto, por mais que não seja obrigatório, pode ser muito interessante incluir o índice na sua pesquisa científica, pois eleva qualidade do trabalho.

Qual a diferença entre índice e sumário?

Qual a diferença entre índice e sumário?

Para começar, é importante ressaltar que existe uma grande diferenciação entre índice e sumário: o primeiro não é obrigatório, enquanto o segundo é. Além disso, o sumário fica no início do trabalho acadêmico, e o índice fica no final. Portanto, existe algumas diferenciações importantes entre ambos, não é mesmo?

Em resumo, o índice corresponde a um elemento pós-textual, ou seja, que deve ser escrito após o desenvolvimento do trabalho acadêmico. Geralmente, esse tópico é o último de uma pesquisa científica. Além disso, ele não é obrigatório conforme as normas ABNT.

Já o sumário é um tópico pré-textual, o que significa que esse deve ser inserido antes do desenvolvimento do trabalho acadêmico. Além disso, conforme as normas ABNT, ele é um elemento obrigatório. Portanto, todas as pesquisas científicas precisam, obrigatoriamente, tê-lo.

Porém, esses dois elementos possuem, praticamente, o mesmo objetivo: orientar o leitor em relação à localização dos tópicos mais importantes do trabalho científico. Porém, o sumário “realiza esse trabalho” de forma mais abrangente, apresentando os principais capítulos e subcapítulos da pesquisa e as suas respectivas páginas.

Já o indice normas ABNT faz essa apresentação de forma mais específica, indicando todos os assuntos tratados ao longo do texto, e as suas respectivas páginas, para facilitar a busca do leitor. Por isso, o índice costuma ser mais extenso que o sumário, visto que é um elemento bem mais detalhado.

Diante da função de ambos, recomenda-se que o sumário e o índice sejam escritos após a finalização da pesquisa científica. Porém, lembre-se do seguinte: enquanto o sumário é feito de forma mais abrangente, indicando somente os tópicos mais importantes do trabalho acadêmico, o índice é mais específico, apresentando todos os assuntos tratados ao logo da pesquisa científica.

Afinal, como fazer o índice conforme as normas ABNT?

como fazer o índice conforme as normas ABNT?

Antes de mais nada, é importante relembrar o seguinte: o índice é um elemento opcional e pós-textual. Isso indica que você não precisa fazê-lo, a não ser que queira deixar o seu trabalho “mais completo” e facilitar a vida do leitor que tiver acesso à sua pesquisa científica. Geralmente, os índices são indicados para trabalhos mais extensos, com mais de 100 páginas, por exemplo.

Agora vamos falar das normas ABNT em relação ao índice? Veja a seguir uma lista completa das regras para finalizar a sua pesquisa científica com nota máxima:

  • Título “índice” em negrito, caixa alta e com alinhamento centralizado. Portanto, a sua escrita no trabalho acadêmico deve ser realizada da seguinte forma: ÍNDICE;
  • Os conteúdos do índice devem ser escritos na fonte Arial ou Times New Roman com tamanho 12;
  • Os conteúdos devem ser escritos em formato de LISTA, assim como o sumário. Esses devem ser “ligados” às suas respectivas páginas através de pontilhados;
  •  Os conteúdos devem ser alinhados à esquerda.

Como foi possível perceber, a escrita do normas ABNT indice não é um “bicho de sete cabeças”. Após a finalização da sua pesquisa científica, verifique quais foram os assuntos tratados no trabalho e que podem auxiliar o leitor. Depois, os liste e “informe” as suas respectivas páginas.

E aí, gostou de descobrir o que é índice, qual a sua diferença do sumário e como escrevê-lo de acordo com as normas ABNT NBR 6034? Então, deixe o seu comentário a seguir e compartilhe com quem precisa! Muitas pessoas estão em busca de conteúdos como esses para conseguir a aprovação no TCC, por exemplo. Então, vale a pena compartilhar!

Sobre ABNT 103 Artigos
Autor do site NormasABNT.org trazemos informações e tutoriais úteis para estudantes, professores e profissionais. Fonte confiável e tudo sobre ABNT e educação do brasil.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*