Citação direta: como fazer nas normas ABNT?

Citação direta: como fazer nas normas ABNT

Última atualização em 8 de julho de 2021

Você sabe como é possível fazer citação no seu trabalho acadêmico? É fato que muitas pessoas têm dúvidas sobre como inserir as citações na pesquisa científica. Pensando nisso, fizemos um guia completo sobre citação direta. Aqui poderá tirar todas as suas dúvidas e fazer a sua monografia, dissertação ou tese conforme as regras da ABNT (ABNT NBR 10520).

Portanto, veja tudo a seguir, pois falaremos o que é, por que é necessário, qual a diferença entre citação direta e indireta, como fazer, os métodos de citação e como encontrar fontes confiáveis. Leia e saiba mais!

O que é citação direta?

citação direta ABNT

A citação direta é a transcrição, na íntegra, da parte do texto de um autor para embasar a sua pesquisa. Essa é uma forma de escrever o conteúdo e indicar a sua fonte. Isso gera mais respaldo e confiabilidade, visto que o leitor poderá ver que a sua pesquisa científica não foi escrita a partir somente de “ideias”, e sim de teoria comprovada por autores renomados.

Portanto, todo e qualquer trabalho precisa ser reproduzido a partir de uma teoria científica comprovada. O autor da pesquisa não pode “tirar informações da sua cabeça”, e sim citar o que já foi confirmado por um outro autor renomado. Isso eleva a credibilidade da pesquisa e pode ocorrer de forma direta ou indireta.

A citação direta consiste na transcrição completa do autor, sem haver nem exclusão e nem adição de palavras. Já a citação indireta é a reescrita do texto de um autor com as suas próprias palavras. Essa é a principal diferença entre os dois modelos. Porém, ao longo deste texto, você verá que esses dois tipos também se diferenciam em questão de formatação conforme a ABNT.

É comum que muitas pessoas se formem sem, ao menos, saber como fazer uma citação. Por mais que achem um “bicho de sete cabeças”, é válido ressaltar que é simples e fácil citar um autor na pesquisa científica. Isso porque é necessário somente seguir as regras determinadas pela Associação Brasileiras de Normas Técnicas, a conhecida ABNT. Existem dois tipos principais de citação direta, a curta e a longa. Veja como é feita essa divisão:

  • Citação direta curta: até três linhas;
  • Citação direta longa: citação com mais de três linhas.

Essas duas citações funcionam da mesma forma e apresentam o mesmo objetivo: transcrever parte do texto de um autor. Porém, é válido ressaltar que elas possuem diferenciações no modo de escrita, como veremos adiante.

Por que é necessário fazer citação direta?

Citação direta: como fazer nas normas ABNT

Como já foi dito, a pesquisa acadêmica precisa de fundamentação teórica para que seja qualificada, e posteriormente, aprovada. Nenhum pesquisador pode “tirar” informações e ideias da sua cabeça e, simplesmente, escrevê-las no trabalho científico. É preciso haver embasamento segundo as teorias confirmadas/comprovadas de outros autores (que podem ser encontradas em livros, dissertações, teses e artigos científicos).

Para isso, existe a citação direta: embasar a pesquisa a partir da transcrição do texto de autores que já comprovaram a existência de determinada teoria científica. Assim, a partir do que foi escrito, pode-se transcrever parte desse texto para embasar o referencial teórico da sua pesquisa e desenvolver o texto sem “achismos”, e sim a partir de comprovações precisas.

Vale ressaltar ainda que os estudantes que fazem a sua monografia, dissertação ou tese e transcrevem partes de textos de outros autores e não fazem a citação, acabam realizando plágio. Por isso, é preciso “creditar” a fonte, ou seja, informar de onde as informações foram obtidas para fazer referência ao autor especializado.

Qual a diferença entre citação direta e indireta?

Há uma principal diferença entre a citação direta e indireta. O modelo direto consiste na transcrição da parte do texto. Em compensação, a indireta consiste na escrita de um texto embasado na ideia de um autor, apresentando o mesmo sentido, mas sem usar as mesmas palavras.

Além disso, existem também diferenças de formatação. Isso porque a citação indireta pode ser escrita conforme o restante do texto, sendo necessário somente indicar o nome do autor e o ano entre parênteses e separado por vírgulas. Em compensação, a citação direta deve ser escrita entre aspas ou com recuo de 4 cm, a depender do seu modelo. Isso tudo é mostrado a seguir.

Como fazer citação direta nas normas ABNT?

Para fazer a citação direta na sua pesquisa científica, você precisa tomar cuidado com as normas determinadas pela ABNT. Isso porque cada modelo de citação tem as suas especificações, e o autor precisa segui-las para conseguir a aprovação no trabalho acadêmico.

Com até três linhas (citação direta curta)

Com até três linhas (citação direta curta)

A citação direta curta deve ser escrita “normalmente” no texto. A única diferença do restante é que essa deve ficar entre aspas. Veja um exemplo de citação direta:

Segundo Herculano (2020, v.5, p. 502-503) “o marketing digital é a nova forma das empresas se comunicarem com os clientes em potencial”.

“O marketing digital torna as organizações mais ‘visíveis’ para os consumidores” (HOLANDA, 2021, p. 809).

Portanto, essa é a forma de fazer uma citação direta curta na pesquisa científica, conforme as normas ABNT. Simples, não é mesmo? Não esqueça somente de colocar o sobrenome do autor, a página, o volume e o ano, da forma apresentada acima.

Acima de três linhas (citação direta longa)

Acima de três linhas (citação direta longa)
Acima de três linhas (citação direta longa)

Já a citação direta longa, ou seja, citação com mais de 3 linhas, se diferencia um pouco do restante do texto, sendo necessário formatá-la. Estas são as regras da citação longa:

  • Fonte Arial ou Times New Roman (conforme o restante do texto);
  • Espaçamento simples entrelinhas;
  • Tamanho 10;
  • Recuo de 4 cm (margem esquerda).

O autor deve escrever essa citação sem aspas, ou seja, de acordo com o restante do texto, sendo necessário somente fazer as alterações de formatação conforme listado acima.

Métodos de citação conforme as normas da ABNT

Métodos de citação conforme as normas da ABNT

É preciso fazer a citação ao longo do texto, no referencial bibliográfico e/ou nas notas de rodapé. Essas são as formas de referenciar o trecho de um texto conforme as normas da ABNT. Os dois sistemas aprovados por essas diretrizes são:

Método de citação autor-data

Esse é o método mais comum nos trabalhos acadêmicos. Para fazê-lo conforme as normas ABNT é preciso seguir as seguintes regras:

  1. A citação deve ser feita seguindo a seguinte ordem: nome do autor e ano. Exemplo: (HERCULANO, 2021) ou Herculano (2021);
  2. Quando a citação é realizada no início ou no meio do parágrafo, o sobrenome deve ser grafado somente com a primeira letra maiúscula e a data deverá ser escrita entre parênteses. Exemplo: De acordo com Herculano (2021) o marketing digital é o novo método de se comunicar com o público;
  3. Quando a citação é realizada no final do parágrafo, o sobrenome deve ser grafado com todas as letras em maiúscula e a data entre parênteses. Exemplo: O marketing digital é uma nova estratégia de mercado (HERCULANO, 2021).
  4. Quando a citação tiver mais de três autores, é preciso usar as expressões et al. (que significa “e outros”) ou e col. (que significa “e colaboradores”). É preciso escrever apenas um desses tipos na pesquisa. Portanto, se você iniciar com um deles, o use em toda a extensão do trabalho. Exemplo: Conforme Herculano et al. (2021), o marketing digital é fascinante;
  5. Quando o autor for citado mais de uma vez por obras diferentes e essas forem do mesmo ano, é preciso fazer a citação com o sobrenome do autor, seguido do ano e da letra de ordem. Exemplo: Conforme Herculano (2021a), o investimento em marketing digital eleva a lucratividade das empresas. Herculano (2021b) citou ainda que é preciso investir em marketing digital para tornar a organização mais visível para o público;
  6. Em caso de citações de e-mails, cartas, palestras e trechos da internet, o autor deve incluir um asterisco na citação e inserir uma nota de rodapé. Exemplo: O marketing digital elevou o percentual de vendas das Americanas*. Nota de rodapé: Informação extraída do relatório institucional da Americanas em 06 de julho de 2021.

Método de citação numérico

  1. A referência deve ser indicada somente por um número em algarismo arábico e de forma consecutiva. Exemplo: O marketing digital é fascinante (12) OU o marketing digital eleva a quantidade de vendas¹²;
  2.  Não se deve usar o método de citação numérico nas notas de rodapé;
  3. É possível usar o método de citação numérico entre parênteses ou de forma exponencial, como no exemplo da parte 1.

Busque fontes confiáveis para fazer as citações diretas

É fundamental que você utilize fontes confiáveis para fazer as citações diretas, deixando de lado pesquisas que não possuem relevância ou são antiéticas, por exemplo. Isso porque a citação de autores renomados elevam a credibilidade da pesquisa, tornando-a mais confiável.

Para você encontrar muitas fontes confiáveis para embasar a sua fundamentação teórica, temos algumas indicações de sites para fazer pesquisas. Acompanhe:

  • Scielo (Scientific Electronic Library Online), uma biblioteca eletrônica que contém coleções de periódicos científicos;
  • Google Acadêmico, uma plataforma de pesquisa desenvolvida pela Google onde é possível visualizar variados trabalhos acadêmicos, como artigos, livros, jornais e outros tipos de trabalhos acadêmicos;
  • World Wide Science, uma plataforma que contém bases de dados, ou seja, pesquisas nacionais e internacionais;
  • ERIC (Departamento de Educação dos Estados Unidos), que contém um extenso acervo com bibliografias, relatórios, dissertações, teses, anais de congresso, artigos científicos, etc;
  • Refseek, que contém livros, jornais, enciclopédias, artigos, revistas e tudo o que precisa para escrever o seu referencial teórico;
  • Portal da CAPES (Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior), uma biblioteca virtual que contém um acervo com documentos em português e outras línguas de produções científicas;
  • BASE (Bielefeld Academic Search Engine), que foi desenvolvido pela Universidade de Bielefeld, na Alemanha;
  • BDTD (Biblioteca Digital Brasileira de Teses e Dissertações), um sistema que integra dissertações, teses e outras pesquisas científicas.

Em qualquer uma das plataformas acima, você pode encontrar pesquisas científicas renomadas e “retirar” citações diretas para embasar a sua teoria e fundamentar o seu trabalho acadêmico. Portanto, aproveite para separar artigos, teses, dissertações e livros que possuem um tema parecido com o seu para lê-los, e posteriormente, citá-los no seu trabalho.

A melhor forma de encontrar embasamento científico para a sua pesquisa é salvar os arquivos que têm relação com o seu tema, lê-los um a um e depois reescrever conforme o seu entendimento, utilizando citações diretas e indiretas. Essa é a forma ideal para fazer uma pesquisa perfeita!

Se você gostou da nossa pesquisa sobre a citação direta conforme as normas ABNT, veja todas as nossas outras dicas. Temos muitos artigos no site que podem te ajudar a escrever um texto preciso e adequado para obter logo uma boa nota no trabalho acadêmico.

Sobre ABNT 89 Artigos
Autor do site NormasABNT.org trazemos informações e tutoriais úteis para estudantes, professores e profissionais.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*