Auxílio-reclusão

Afinal, o que é o Auxílio-reclusão? Saiba mais sobre este benefício!

Última atualização em 17 de janeiro de 2023

O auxílio-reclusão é um benefício pago pelo governo do Brasil aos dependentes de segurados de baixa renda durante o período de reclusão. Esta iniciativa visa garantir a estabilidade financeira enquanto o trabalhador está recolhido.

Todavia, é importante, com certa frequência, apresentar a declaração de cárcere para comprovar que o segurado continua preso. Para saber, quem tem direito e como solicitar o benefício, confira a matéria a seguir!

Sumário

O que é o Auxílio-reclusão?

O benefício Auxílio-reclusão, destina–se a dependentes de segurados do INSS que estejam cumprindo prisão, está em regime fechado. Todavia, aqueles segurados que estão cumprindo prisão em regime semi-aberto, também, podem receber o auxílio, desde que a prisão tenha-se dado em até 17/01/2019.

A saber, este benefício é pago apenas enquanto o segurado está recolhido na prisão. Logo, no instante que este volta a liberdade o benefício cessa. Em relação ao valor do benefício, o valor é de no máximo 1 salário mínimo. Assim sendo, neste ano, 2023, o valor do auxílio-reclusão é de até 1.302,00.

Quem tem direito a este benefício?

valor auxílio reclusão
valor auxílio reclusão

Para que o segurado possa solicitar o benefício, ele deve ter contribuído no mínimo 24 meses para o INSS e fazer parte das famílias de baixa renda. Além disso, não pode esta recebendo outro benefício como:

  • Salário-maternidade;
  • Pensão por morte;
  • Auxílio por incapacidade;
  • Aposentadoria;
  • Abandono por permanência em serviço.

Dessa forma, se o segurado cumpre esses requisitos ele pode solicitar o Auxílio-reclusão para seus dependentes. A saber, os dependentes que têm direito são:

  • Os Pais;
  • Irmãos não emancipados menores de 21 anos de idade, ou irmãos portadores de deficiências;
  • Filhos não emancipados menores de 21 anos de idade, ou filhos portadores de deficiência;
  • Cônjuge.

Como solicitar o Auxílio-reclusão?

Antes de solicitar o benefício, você deverá ter os seguintes documentos: Declaração de cárcere; documento de identificação do segurado e dependentes (CPF), documento de comprovação dos dependentes, documento de comprovação de contribuições para o INSS (quando solicitado) e procuração com documentos do procurador.

Para solicitar o Auxílio-reclusão é bem simples. Já que, basta entrar no site Meu INSS ou baixar o app no celular. Após realizar o login na conta, clique em “NOVO PEDIDO” e escreva “AUXILIO-RECLUSÃO”.

Feito isso, aparecerá uma tela com uma lista de benefícios, então, você deverá clicar no nome “AUXILIO-RECLUSÃO”. Em seguida, basta ler o texto que aparece na tela e continuar seguindo as instruções.

Quando começa a ser pago?

Este benefício quando solicitado, em até 90 dias após a prisão, começa a ser pago a contar da data em que o segurado foi recluso. Com exceção para filhos de até 16 anos de idade, que podem solicitar em até 180 dias após a prisão. Para aqueles que solicitarem após essa data o auxílio-reclusão será pago a partir da data de solicitação do benefício.

Assim, chegamos ao final de mais um post. Espero que tenha entendido o passo a passo de como solicitar o auxílio-reclusão. Se você gosta deste tipo de matéria, não deixe de nos acompanhar aqui no blog. Até o próximo post!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.