notas de corte sisu

Timina

Última atualização em 19 de agosto de 2022

Definição da timina

A timina é uma das quatro nucleobases nitrogenadas que formam os blocos básicos de construção do ácido desoxirribonucleico (DNA).

Também conhecido como 5-metiluracil, a timina (T) é uma nucleobase de pirimidina, que combina com adenina (A), uma nucleobase purina. Eles são unidos como um par de bases por duas ligações de hidrogênio, que estabilizam as estruturas de ácido nucleico no DNA. Quando empilhados com o outro par de bases, a guanina (G) e a citosina (C), a estrutura helicoidal do DNA (ou RNA) é formada.

Na estrutura do RNA, a timina é substituída pela nucleobase uracil. Conforme sugerido por seu nome alternativo (5-metiluracil), a timina pode ser derivada pela metilação do uracilo no 5º carbono (um ramo metil –CH3 é adicionado ao anel pirimidina).

A combinação de timina, com açúcar de pentose, desoxirribose, forma o nucleosídeo, desoxitimidina (alternativamente denominada ‘timidina’). Um nucleosídeo é um nucleotídeo sem um grupo de fosfato.

Mutação e câncer

Quando expostos à radiação ultravioleta, como a luz solar, são formadas ligações covalentes entre as moléculas adjacentes da timina na mesma fita do DNA, criando dímeros de timina. Esse processo causa danos, fazendo com que o DNA forme ‘torções’. Isso inibe a função normal do DNA, que não pode ser replicado ou transcrito.

Felizmente, a maioria das células é capaz de reparar o DNA danificado. Isso pode ser alcançado de duas maneiras: as enzimas de reparo chamadas fotolase podem quebrar a ligação covalente, usando luz como fonte de energia para clivagem de títulos. Esse processo é chamado de fotorreativação e é possível na maioria dos organismos, embora não em mamíferos placentários.

O segundo mecanismo envolve uma enzima de excisão, que remove a seção danificada de uma única fita de DNA. Os nucleotídeos excisados são então substituídos pela DNA polimerase e uma ligação final de fosfodiester (a estrutura estabilizadora dos ácidos nucleicos) é formada pela DNA ligase.

Estrutura da timina

A fórmula da timina é C5H6N2O2.

Propriedades

É um composto heterocíclico, aromático e orgânico.

Compostos heterocíclicos ou ‘estruturas de anel’ são compostos cíclicos (os átomos no composto são conectados para formar um anel), que possuem átomos de pelo menos dois elementos diferentes.

Um composto “orgânico” contém carbono; portanto, um composto orgânico heterocíclico contém átomos de carbono e um ou mais elementos adicionais, como enxofre, nitrogênio ou oxigênio.

O termo aromático descreve uma molécula que é cíclica e plana (plana), com um anel de ligações de ressonância, que dão à molécula adicionada estabilidade. Isso significa que ele não se separa ou reage com outras substâncias facilmente.

Estrutura atômica

Da mesma maneira que as outras pirimidinas, citosina e uracil, a timina possui nitrogênio (n) nos 1 ‘e 3’; Cada um é ligado ao hidrogênio (H). A molécula N no primeiro ‘Prime forma a ligação glicosídica – a ligação covalente que se une ao açúcar deoxirribose para formar o nucleosídeo, a timidina.

Nas posições de 2 ‘e 6’, são grupos carbonil e no lado esquerdo há uma ligação dupla.

A timina possui um grupo metil na posição 5 ‘, distinguindo -o do uracil, que possui hidrogênio nessa posição.

Termos de biologia relacionados

  • Adenina – A nucleobase purina que se liga à timina no DNA e ao uracil no RNA.
  • Guanina – a nucelobase purina, que se liga à citosina no DNA e no RNA.
  • Citosina – a pirimidina nucelobase, que se liga à guanina em DNA e RNA.
  • DNA-O componente principal auto-replicante dos cromossomos, que transporta informações genéticas ácido desoxirribonucleico.

Questionário

1. Com qual nucleobase a timina se liga em fios de DNA? A. Adenina B. Citosina C. Guanina

Resposta à pergunta nº 1

A está correto. A pirimidina timina liga-se com a adenina purina para formar a ligação A-T do DNA.

2. Qual é o papel de uma enzima de excisão? A. Para acelerar a reprodução do DNA. B. Iniciar a formação da ligação A-T. C. para remover os fios danificados do DNA. D. para quebrar a ligação covalente formada entre os dímeros da timina.

Resposta à pergunta nº 2

C está correto. A enzima de excisão corta os fios danificados de DNA, que são então substituídos pela DNA polimerase.

3. Na formação do nucleosídeo, a timidina, o que o átomo de nitrogênio na posição 3 ‘da timina faz? A. laços à adenina B. ligações à desoxirribose C. ligações para ribose D. não se liga a nada

Resposta à pergunta nº 3

B está correto. O N nas ligações 3 ‘ao açúcar pentose, desoxirribose.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.